Como chegar nas estações de ski do Chile

Todas as estações de ski citadas no texto As estações de ski chilenas, exceto Portillo, estão muito próximas de Santiago e são acessíveis pela mesma estrada. E se você quer saber como chegar nas estações de ski do Chile, nós te ajudamos apontando quatro maneiras.

Como chegar nas estações de ski do Chile

Como chegar nas estações de ski do Chile

Como chegar nas estações de ski do Chile – (Foto: Carlos Fernandes)

De carro de Santiago até as estações de ski do Chile

Talvez uma forma não muito indicada para quem não tenha o costume de dirigir na neve. Na alta temporada as estradas ficam cheias de neve e bem escorregadias. E também, dependendo das condições, é necessário o uso de correntes nas rodas. Bem no começo da estrada você encontrará locais para alugar as correntes e, logo depois, um posto policial que analisará as condições dos automóveis.

Leve em consideração também que a estrada é bem perigosa, com curvas em formato de cotovelo e sem acostamento. Quando há neve, você pode não enxergar os limites da estrada. E na alta temporada ela possui horários específicos para somente subir a montanha e outros horários para descer até Santiago. A subida fica em torno das 08:00 até 13:00 e a descida das 14:00 às 20:00. É preciso estar atentos aos sites desses centros de ski quanto aos horários exatos.

Tours de Santiago até as estações de ski do Chile

Há várias empresas que oferecem tours até as estações de ski. Algumas delas oferecem tours combinados onde você visitará duas ou três estações no mesmo dia. A desvantagem é que não sobrará tempo para fazer uma aula ou praticar qualquer outro esporte nos locais. Porém, se sua intenção é apenas ver a neve e conhecer a montanha, pode valer a pena.

Transfers de Santiago até as estações de ski do Chile

Há transfers saindo de Santiago pela manhã que te levam e buscam na estação desejada ao fim do dia. Os valores ficam em torno de $15.000 (valores para temporada de 2015). É uma ótima opção para quem não tem carro e quer passar o dia em um dos centros de ski praticando esportes e se divertindo. Há várias empresas oferecendo esse serviço e boa parte delas saem do centro comercial Omnium, localizado na Avenida Apoquindo, em Las Condes, entre as estações “Escuela Militar” e “Manquehue” do metrô.

De helicóptero de Santiago até as estações de ski do Chile

Sim, há um helicóptero que sai de Santiago até o Valle Nevado. Se você pretende chegar com estilo, essa é sua melhor opção. Porém, como você pode imaginar, vai ter que desembolsar alguns dólares. Curiosamente os brasileiros são os que mais utilizam esse transporte. São somente 15 minutos desde Santiago até o centro de ski e o helicóptero tem espaço para 6 passageiros.

Perguntas frequentes sobre as estações de ski

Separamos aqui algumas perguntas requentes que recebemos de nossos amigos leitores sobre dúvidas pertinentes quanto ao passeio até os centro de ski do Chile. Vejamos:

– Poderei ver neve nas montanhas o ano todo?

Não. Você encontrará neve nos meses de junho, julho, agosto e setembro normalmente. Algumas estações mais baixas, como Farellones, já estarão sem neve e fechadas em setembro. De novembro a maio não há mais neve nas montanhas. Você pode até ir aos centros de ski para conhecê-los, porém, eles não estarão mais brancos. Obviamente que isso não é uma ciência exata. O clima e a natureza podem aprontar algumas surpresas.

– Tenho que comprar roupa de ski?

Não. Há várias lojas que alugam as roupas, desde as botas até as luvas. Isso pode ser feito ainda em Santiago. Normalmente, quando você escolhe fazer um tour com as empresas, elas sempre param em uma das lojas para que as pessoas possam alugar essas roupas. Os preços não são baratos e alugar o traje completo vai te custar alguns bons reais. Porém, alugue botas e calças. Nada pior do que ficar com o pé molhado na neve. Há também a opção de alugar roupas ou equipamentos de ski na própria estação. No entanto, os preços serão ainda mais altos. Se você quiser economizar há alguns brechós em Santiago vendendo roupas de ski bem baratas.

– É caro esquiar?

Sim. Esquiar não é uma atividade barata. Principalmente se você tiver que alugar as roupas, os equipamentos e fazer aula para aprender.

– É obrigatório fazer aula de ski?

Não. Você pode simplesmente alugar o equipamento e se aventurar. Mas isso não é o indicado. Esquiar pode ser bem mais difícil do que parece e ninguém quer se arriscar a sofrer uma lesão nas férias. Snowboard é conhecido por ser uma atividade ainda mais difícil. Tenha em mente que muitos marinheiros de primeira viagem ainda não conseguem descer a montanha depois de 1 hora de aula.

  • CURTA AQUI NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DIÁRIAS DO SITE

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *